sexta-feira, 20 de março de 2009

Nº28: Rui Miguel Pinto Quintino Varão




  • Rui Miguel Pinto Quintino Varão.

  • Médio Centro.

  • Nasceu a 30 de Janeiro de 1977 em Lisboa.

  • Títulos no Sporting: 1 Taça de Portugal (1994/95).


O Rui Varão foi um jogador formado no Sporting que não teve sucesso na equipa principal, disputando apenas 45m, num jogo em Guimarães. A partir daí, perdeu-se em clubes menores, sendo assolado também por algumas lesões incomodativas. Hoje ainda joga, sendo um médio centro que joga de área a área, com facilidade de passe.


Nascido em Lisboa, fez a sua formação como futebolista no Sporting e chegou à equipa principal, como jovem de grande futuro em 1995. Nessa altura não era conhecido por Rui Varão, mas sim por Quintino.
Após uns treinos, foi convocado para a última jornada do Campeonato 1994/95 em que o Sporting ficou em 2º lugar. Carlos Queiroz deixou-o no banco, mas fê-lo entrar ao intervalo para ver o Sporting empatar 2-2 após ter estado a perder por 2-0. Nesse dia o Sporting alinhou com: Lemajic; Nelson Alves, Vujacic, Nuno Valente e Paulo Torres (Figo, 59m); Iordanov, Filipe e Pedrosa (Varão, 45m); Sá Pinto, Juskowiak e Chiquinho Conde. Os golos foram marcados por Sá Pinto aos 61m e 66m.
Na época seguinte, foi emprestado ao Casa Pia e regressou a casa em 1996/97, para rumar ao Lourinhanense, que na época era o clube satélite do Sporting. Por lá ficou durante 3 épocas assumindo especial relevo na segunda ao marcar 2 golos em 20 jogos. Contudo, não convenceu os dirigentes e treinadores sportinguistas que o libertaram, em 1999, rumo ao Felgueiras.


Em Felgueiras, fez apenas 11 jogos no 7º lugar da equipa. Na época seguinte, manteve-se na Divisão de Honra, mas para representar o Freamunde. O clube ficou em último lugar e Rui Varão disputou 15 jogos.
Assim, no final da época seguiu a equipa para a IIª B, mas mudou de emblema. Foi para o Atlético, onde disputou 17 jogos com 1 golo marcado, não conseguindo evitar a despromoção da equipa da Tapadinha. Atravessou as duas épocas do clube na 3ª Divisão, subindo com a equipa em 2004/05. Disputou nessa época 16 jogos e a equipa voltou a ser despromovida.

Após mais uma época na 3ª Divisão e meia época na IIª B com apenas 3 jogos disputados acabou a temporada de 2006/07 em Odivelas onde apenas jogou 4 vezes.
No final da época resolveu seguir um novo rumo e foi na vaga de portugueses para o Chipre onde ainda joga no ASIL. Em suma, mais uma promessa retratada neste blog que nunca passou disso mesmo: uma promessa.



Carreira

1994/95: Sporting

1995/96: Casa Pia

1996/97: Lourinhanense

1997/98: Lourinhanense

1998/99: Lourinhanense

1999/00: Felgueiras

2000/01: Freamunde

2001/02: Atlético

2002/03: Atlético

2003/04: Atlético

2004/05: Atlético

2005/06: Atlético

2006/07: Atlético
Odivelas

2007/08: ASIL

2008/09: ASIL

Carreira no Sporting*

1994/95: 1;- / -;- / -;-

*Época: Campeonato (J; G)/ Taça (J;G)/ Europa (J;G)

Avaliação: Flop

3 comentários:

Bruno V. disse...

Grande flop, na medida em que também não teve grandes oportunidades para singrar na equipa. Mas o resto da carreira prova que o talento não era assim tanto.

sloct disse...

O talento era pouco, é um facto. O irmão é ligeiramente melhor, mas também sem pedalada para o mais alto nível.

Anónimo disse...

Sendo flop ou não, porque isso é relativo, mais valia um flop portugues, do que os autocarros de brasileiros, servios, ou russos que ás vezes andam por aí