sexta-feira, 10 de abril de 2009

Nº30: Bruno Alexandre dos Santos Patacas




  • Bruno Alexandre dos Santos Patacas.
  • Defesa Direito.
  • Nasceu a 30 de Novembro de 1977 em Lisboa.
  • Títulos no Sporting: Nada a assinalar.


O Patacas é um defesa direito que joga no Nacional, mas que fez toda a formação e jogou algumas vezes no Sporting. Um defesa direito que, apesar de não ser genial, podia ter tido outro futuro se tivesse disposto de mais oportunidades na equipa principal leonina.

Nascido em Lisboa, fez toda a formação no Sporting, fazendo o percurso habitual para quem saía dos juniores leoninos: a integração no plantel do Lourinhanense, clube satélite do Sporting, na altura.
Fez época e meia no Lourinhanense, voltando ao Sporting na época 1997/98. Fez a sua estreia pela equipa leonina a 30 de Janeiro de 1998, já com Carlos Manuel ao comando da equipa. O Sporting perdeu por 3-2 em Chaves, com os golos verde e brancos a serem marcados por Cuc, na própria baliza, aos 4m e Marco Almeida aos 90m. A equipa que alinhou foi a seguinte: De Wilde; Patacas, Beto, Marco Almeida e Quim Berto; Simão, Oceano, Afonso Martins (Pedro Martins, 83m), Lang (Paulo Alves, 63m) e Pedro Barbosa (Ramírez, 73m); Leandro Machado. Nessa época fez mais 2 jogos, na vitória por 1-0 na Póvoa do Varzim e na vitória pelo mesmo resultado em Alvalade frente ao Belenenses.
Por esta altura já tinha sido internacional sub-21 por 29 vezes.
Na época seguinte, chegou Mirko Jozic ao Sporting para comandar uma equipa muito jovem. O futebol praticado foi excelente, mas a inexperiência e as vergonhosas arbitragens deram um imerecido 4º lugar ao Sporting.
Patacas jogou apenas 4 vezes no Campeonato, uma delas como suplente utilizado, e uma vez na Taça UEFA. Estreou-se na 4ª jornada do Campeonato ao entrar aos 84m para o lugar de Iordanov na vitória do Sporting por 3-0 em casa frente ao Campomaiorense. A titular estreou-se na 2ª mão da Taça UEFA. O Sporting tinha perdido por 2-0 em casa frente ao Bolonha e Jozic foi jogar a Itália com uma equipa muito jovem, que foi a seguinte: Tiago; Patacas, Beto, Quiroga e Vinicius; Saber, Delfim, Duscher, Bino e Simão; Leandro Machado. O próprio banco era composto por Nelson, Iordanov, Renato, Kmet, Ramírez, Caneira e Nuno Valente. O Sporting perdeu por 2-1, mas arrancou uma excelente exibição.
No Campeonato ainda jogou mais 3 vezes, todas a titular, frente ao Rio Ave, Salgueiros e Chaves. Foi aliás em Chaves que fez o último jogo pelo Sporting, no empate 2-2. Simão aos 20m e Beto aos 44m marcaram os golos do Sporting que alinhou com: Tiago; Patacas (Santamaría, 68m), Beto, Marcos e Heinze; Simão, Vidigal, Pedro Barbosa e Vinicius (Acosta, 72m); Edmilson e Krpan. Foi emprestado ao Lourinhanense o resto da temporada, marcando 1 golo em 17 jogos.

Em 1999/00, foi emprestado ao Santa Clara que fazia a sua estreia na 1ª Divisão Nacional. A equipa desceu, mas Patacas fez 23 jogos com 1 golo marcado. Esse golo foi a 14 de Outubro de 1999, no empate a 2 golos em Faro. Pelo Farense marcaram Everson aos 47m e Marinescu aos 81m e pelo Santa Clara marcaram Patacas aos 30m e Clayton aos 63m. Na época seguinte esteve emprestado ao Campomaiorense, onde disputou 27 jogos, descendo de divisão com a equipa. O empréstimo foi renovado e Patacas disputou 26 jogos no 10º lugar da equipa na Divisão de Honra.
No final da época foi libertado e daí para cá tem sido peça importante do Nacional.

Na primeira época ao serviço dos alvinegros, disputou 23 jogos, marcando 1 golo. Esse golo ocorreu a 2 de Março de 2003, no empate caseiro da equipa de José Peseiro frente ao Moreirense. Vítor Pereira inaugurou o marcador aos 17m para a equipa de Moreira de Cónegos com Patacas a empatar o jogo aos 38m. O Nacional ficou em 11º lugar do Campeonato.
Em 2003/04, com Casimiro Mior à frente da equipa, o Nacional conseguiu o 4º lugar. Patacas disputou 29 jogos e marcou 2 golos. Esses golos aconteceram: a 31 de Agosto de 2003, na vitória por 4-0 frente ao Estrela da Amadora, com Patacas a marcar aos 15m e a goleada ser completada por Mário Carlos aos 56m e 71m e Adriano aos 82m; a 7 de Dezembro no empate 4-4 em Barcelos. Para o Gil Vicente marcaram Casquilha aos 2m e 45m, Edinho aos 30m e Lary aos 54m e para o Nacional marcaram Serginho aos 10m, Paulo Assunção aos 19m, Adriano aos 29m e Patacas aos 59m.
Em 2004/05, a equipa ficou no 12º lugar e Patacas disputou um total de 24 jogos. Na época seguinte, com Manuel Machado, a equipa ficou em 5º lugar e Patacas jogou em 32 jogos, no total.
Em 2006/07, jogou 30 jogos e marcou 1 golo, no 8º lugar da equipa. Esse golo ocorreu a 21 de Outubro na vitória por 4-0 no Bessa. Marcaram pelo Nacional, Rodrigo Silva aos 3m, José Vítor aos 15m, Patacas aos 54m e Cissé, na própria baliza aos 69m.
Na época passada, o Nacional ficou em 10º lugar e Patacas jogou em 29 jogos, no total, marcando 1 golo na Taça. Foi na 4ª Eliminatória, na vitória por 5-0 frente ao Cova da Piedade. Lipatín marcou 3 golos, aos 21m, 43m e 91m, Ricardo Fernandes marcou aos 35m e Patacas marcou aos 86m.
Esta época, Patacas já leva 29 jogos na excelente época do Nacional que está em 5º lugar. É para mais o capitão de equipa. Isto, apesar de quase ter sido transferido no início da época para o CSKA Sófia, sendo que à última hora Patacas abortou o negócio para ficar no Nacional.



Carreira

1996/97: Lourinhanense

1997/98: Lourinhanense
Sporting

1998/99: Sporting
Lourinhanense

1999/00: Santa Clara

2000/01: Campomaiorense

2001/02: Campomaiorense

2002/03: Nacional

2003/04: Nacional

2004/05: Nacional

2005/06: Nacional

2006/07: Nacional

2007/08: Nacional

2008/09: Nacional

Carreira no Sporting*

1997/98: 3;- / -;- / -;-
(Desde Janeiro)

1998/99: 4;- / -;- / 1;-
(Até Janeiro)

*Época: Campeonato (J; G)/ Taça (J;G)/ Europa (J;G)

Avaliação: Flop

3 comentários:

David "Jericho" Pereira disse...

Boas, vim por este meio pedir-vos para que adicionassem o meu blog de futebol aos vossos links sff

http://portal-futebol.blogspot.com/

O nome do blog é Portal Futebol


Depois quando adicionarem comuniquem-no no nosso blog para que nós também vos adicionemos

Saudações!

Bruno V. disse...

Uma prova da má gestão que se fazia no Sporting nessa altura. patacas acabou por se tornar um bom lateral direito e o Sporting andou a perder tempo e muito dinheiro com Balajic, Gil Baiano, Nenê e tantos outros jogadores sem qualquer qualidade. No Sporting foi flop porque não lhe permitiram ser melhor.

sloct disse...

Infelizmente foi lançado numa altura em que não se apostava na prata da casa.
Se fosse hoje tínhamos defesa direito para uns anitos.
E é sportinguista de coração, isso sei de boa fonte.