sexta-feira, 10 de julho de 2009

Nº38: Hamilton de Souza, “Careca”


  • Hamilton de Souza, “Careca”.
  • Médio Ofensivo/Avançado.
  • Nasceu a 27 de Setembro de 1968 em Passos (Brasil).
  • Títulos no Sporting: Nada a assinalar.
  • 9 Internacionalizações pelo Brasil.

O Careca foi um avançado brasileiro que passou pelo Sporting no início dos anos 90, sem grande sucesso. Aliás, dele dizia-se ser o novo Eusébio, mas acabou por não demonstrar o grande potencial que tinha no Brasil.




Começou a sua carreira no Cruzeiro, com apenas 18 anos. Fez 4 anos aí, sem vencer nenhum título estando apenas perto de conquistar o Campeonato Brasileiro logo na época de estreia.
Logo a 7 de Julho de 1988 estreou-se na principal selecção brasileira, num amigável frente à Austrália que o Brasil venceu por 1-0 com golo de Romário aos 31m. Carlos Alberto Silva colocou a seguinte selecção em campo: Taffarel; Jorginho, Aloísio, Ricardo Gomes e Nelsinho; Ademir (Milton, 85m), Geovani Silva, Careca (Edu Manga, 62m) e Muller; Romário e Valdo. Como curiosidade referir que do outro lado, na selecção australiana, estava um futuro jogador do Sporting, que chegou ao clube ao mesmo tempo que Careca, ou seja, Bozinovski.A sua última internacionalização ocorreu a 22 de Junho de 1989, num amigável com o AC Milan. A equipa brasileira orientada por Lazaroni alinhou da seguinte forma: Taffarel, Mazinho, André Cruz, Ricardo Gomes e Branco (Paulo Roberto); Silas, Bernardo, Geovani Silva e Cristóvão; Charles (Gerson) e Edu Manga (Careca). O jogo terminou empatado 0-0.





No Verão de 1990, Sousa Cintra contratou Marinho Peres para treinador do Sporting e apenas dois reforços: Bozinovski e Careca. Careca foi apresentado como sendo o novo Eusébio devido à sua parecença física com o Rei.
Fez a sua estreia logo na 1ª jornada do Campeonato e logo a marcar. Foi na vitória em Alvalade frente ao V. Guimarães por 3-0 com golos de Careca aos 65m, Venâncio aos 76m e Fernando Gomes aos 86m. Nesse dia, o Sporting alinhou com: Ivkovic; Carlos Xavier, Luisinho, Venâncio e Leal; Douglas (Bozinovski, 75m), Oceano, Litos e Careca (Filipe, 85m); Jorge Cadete e Fernando Gomes. Ao longo dessa época marcaria 8 golos em 30 jogos do Campeonato e mais 1 golo na Taça UEFA. Foi na vitória por 7-0 frente ao Timisoara, aos 78m, com os restantes 6 golos a serem apontados por Fernando Gomes aos 36m e 60m, Jorge Cadete aos 32m, 49m e 63m e Bozinovski aos 89m. Ficaria conhecido o episódio em que Sousa Cintra pouco antes da 2ª Mão dos Quartos de Final da Taça UEFA lhe disse no balneário: “Tens de mostrar que não és nenhuma merda. És o melhor e Itália toda vai estar a olhar para ti”.Na época seguinte, Careca só foi utilizado em 2 jogos no Campeonato e 1 na Taça UEFA, frente ao Dínamo Bucareste.




O seu primeiro jogo no Campeonato foi na 14ª jornada na vitória do Sporting em casa do Torreense por 2-1 com golos de Figo aos 52m e Jorge Cadete aos 87m. O Sporting alinhou com: Ivkovic; Marinho, Luisinho, Venâncio e Leal; Figo, Peixe, Filipe, Balakov e Careca (Tozé, 56m, João Luís, 88m); Jorge Cadete.
O seu último jogo oficial com a camisola do Sporting foi na 19ª jornada no empate 0-0 em Famalicão. O Sporting alinhou com: Ivkovic; Marinho, Luisinho, Leal e Paulo Torres; Figo (Litos, 70m), Peixe, Douglas e Filipe (Careca, 78m); Balakov e Jorge Cadete.
Na época seguinte rumou ao Famalicão para fazer apenas 10 jogos antes de voltar ao Brasil, para o “seu” Cruzeiro.Passou, depois, por Ponte Preta, América, Londrina, Coritiba, Democrata, Vila Nova e novamente América antes de encerrar a carreira em 2000.




Carreira

1987: Cruzeiro

1988: Cruzeiro

1989: Cruzeiro

1990: Cruzeiro

1990/91: Sporting

1991/92: Sporting

1992/93: Famalicão

1994: Cruzeiro

1995: Ponte Preta

1996: América

1997: Londrina
Coritiba

1998: Democrata
Vila Nova

1999: América

2000: América

Carreira no Sporting*

1990/91: 30;8 / 1;- / 7;1

1991/92: 2;- / -;- / 1;-

*Época: Campeonato (J; G)/ Taça (J;G)/ Europa (J;G)

Avaliação: Flop

6 comentários:

Ricky_cord disse...

Um grande flop à semelhança de Kmet, Hanuch, Gimenez...

Bruno V. disse...

Não conhecia este jogador, fico espantado por ter sido internacional brasileiro e ainda cheguei a pensar que se estivesse a falar do Careca que foi companheiro do Maradona no Nápoles. Grande flop. Se bem que na 1ª época os números não sejam maus. Mas, para quem vinha rotulado de novo Eusébio...

Maradona disse...

Essa do Sousa Cintra está documentada neste video: http://www.youtube.com/watch?v=yz4hQYFEBFA

A partir do minuto 1.55.

Destaco o mais catita:

"-Então Marinho, o Careca diz que hoje vai partir tudo, vai mostrar a sua real força...
-É, vamo lá...
-Diz lá ao Marinho o que é que vais fazer hoje em campo."
-É vamo lá, vamo lá ganhar...."
-Ganhar?! Ganhar e partir tudo"
-Eh, importante é a confiança.
-Marinho, isto hoje não há nada a fazer, é goleada e acabou a conversa" :)

O Bettencourt pede sangre e que se sude la camiseta quando o jogador custa muito dinheiro; o Cintra tinha os seus métodos menos diplomatas quando o investimento tinha de ter retorno...

Deve ter sido pela mesma altura do Careca que o Cintra esteve quase para trazer o Romário. Conheces alguma coisa desse episódio?

M. Paim disse...

Esse video tenho-o, é verdadeiramente genial...aquele a vontade com o presidente do Bolonha é qualquer coisa.
Essa do Romário não foi quando ele disse que afinal queria era o Rosário do Torreense? LOL

Maradona disse...

Acho que foi uma cilada que lhe fizeram no Brasil. Marcaram-lhe um encontro com um empresário do Romário, mas depois apareceu um ex-jogador, acho que o uruguaio Rodriguez, que o ameaçou com uma pistola por causa de uma dívida que vinha do tempo do Bigodes.

Danny RG disse...

Hamilton Careca jugo en 1996 no Alianza Lima do Perú