quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Nº52: Clayton Ferreira da Cruz


  • Clayton Ferreira da Cruz.
  • Extremo Esquerdo.
  • Nasceu a 19 de Julho de 1975 em Minas Gerais (Brasil).
  • Títulos no Sporting: Nada a assinalar.


O Clayton foi um extremo esquerdo brasileiro que passou sem sucesso pelo Sporting durante a época de 2003/04. Com algum prestígio acumulado ao serviço de Santa Clara e FC Porto, revelou-se no Sporting muito susceptível a lesões e não correspondeu ao que se esperava dele aquando da troca com Ricardo Fernandes.


Nascido em Minas Gerais, foi no Atlético Mineiro que iniciou a sua carreira de futebolista. Em 1993 e 1994 fez apenas 4 jogos, mas na época seguinte já jogou mais, 12 jogos e marcou inclusive 2 golos. Nos 3 anos seguintes, realizou mais 32 jogos com 2 golos marcados, tendo ainda uma fugaz passagem pelo Guarani.



Na época de 1999/00, o Santa Clara estreava-se na principal divisão do futebol português e Clayton foi um dos jogadores contratados. Estreou-se frente ao Sporting com uma excelente exibição no empate a 2 bolas. A sua estreia a marcar foi na 5ª jornada e logo com um hat-trick em Vila do Conde na vitória por 5-0 com os restantes 2 golos a serem apontados por George. Marcou em vários jogos consecutivos despertando a atenção de Sporting e FC Porto no Mercado de Inverno, sendo que foi o FC Porto a ganhar a corrida e a contratar este jogador com uma bagagem de 8 golos em 12 jogos pelo Santa Clara.
Nessa época não mais marcou no Campeonato, mas fez 18 jogos pelos azuis e brancos, marcando 1 golo na finalíssima da Taça de Portugal frente ao Sporting (2-0).
Na época seguinte, realizou 16 jogos e marcou 4 golos, sendo que todos os golos foram marcados já na parte final do Campeonato, frente a Alverca, Salgueiros, Braga e Leiria.



A época de 2001/02 foi a sua melhor a nível individual ao contribuir com 5 golos em 28 jogos para um ano infeliz do Porto. Com a chegada de Mourinho iria perder algum espaço, mas mesmo assim ia ser importante em alguns jogos. Fez 12 e marcou 2 golos.
Em 2003/04, Fernando Santos chega ao Sporting e há uma troca de jogadores. Clayton vem para Alvalade e Ricardo Fernandes vai para o Dragão. Estreou-se pelo Sporting ao entrar perto do fim do jogo com o Belenenses. No Campeonato fez apenas 8 jogos, 1 como titular. Em Moreira de Cónegos entrou aos 88m mesmo a tempo de falhar um golo de baliza aberta, o que o catalogou desde logo como erro de casting.
O seu único jogo como titular no Campeonato foi frente ao Belenenses no Restelo, na 19ª jornada, com vitória por 3-1, com golos de Sá Pinto aos 33m, João Pinto aos 68m e Liedson aos 90m, sendo que o golo do Belenenses foi apontado por Marco Paulo aos 30m. Nesse dia, o Sporting alinhou com: Ricardo; Miguel Garcia, Polga, Beto e Rui Jorge; Sá Pinto (Tello, 59m), Custódio, João Pinto (Carlos Martins, 89m) e Clayton (Lourenço, 67m); Sá Pinto e Liedson.
O único golo que marcou pelo Sporting foi na Taça frente ao 1º Dezembro na vitória por 2-0. Clayton marcou aos 66m depois do golo de Liedson aos 46m. A equipa alinhou com: Nélson; Luís Filipe, Hugo (Tello, 25m), Polga e Paíto (Carlos Martins, 71m); Paulo Sérgio (Liedson, 45m), Rui Bento, Paulo Bento, Toñito e Clayton; Lourenço.



Saiu na época seguinte para o Penafiel para fazer 29 jogos e marcar 5 golos no 11º lugar da equipa. Marcou o seu primeiro golo na 4ª jornada frente ao Leiria.
No final da época regressa ao Brasil para o Sport Recife, que o empresta ao Vitória Guimarães, onde fez apenas 6 jogos. Regressa a Recife para ser recambiado de novo para Penafiel onde realiza 21 jogos e marca 3 golos.
Dai para cá encontra-se no Chipre. Em 2007/08, marcou 9 golos em 21 jogos pelo Alki. Em 2008/09, fez 1 golo em 9 jogos pelo Omonia antes de ir para o AEL onde marcou 2 golos em 9 jogos. Esta época encontra-se no mesmo clube, o AEL.


Carreira

1993: Atlético Mineiro

1994: Atlético Mineiro

1995: Atlético Mineiro

1996: Atlético Mineiro

1997: Atlético Mineiro
Guarani

1998: Atlético Mineiro

1999/00: Santa Clara
FC Porto

2000/01: FC Porto

2001/02: FC Porto

2002/03: FC Porto

2003/04: Sporting

2004/05: Penafiel

2005/06: Sport Recife
V. Guimarães

2006/07: Sport Recife
Penafiel

2007/08: Alki

2008/09: Omonia
AEL

2009/10: AEL

Carreira no Sporting*

2003/04: 8;- / 1;1 / -;-

*Época: Campeonato (J;G) / Taça (J;G) / Europa (J;G)

Avaliação: Flop

3 comentários:

Maradona disse...

Devia ter vindo para o Sporting directamente do Santa Clara.
Marcou-nos um golo na finalíssima da taça de Portugal no ano da quebra de jejum, um dos poucos frangos do Schmeichel. (Um outro frango do dinamarquês que me recordo foi num remate inofensivo do saudoso Fehér, em Braga, no ano a seguir..)

http://www.youtube.com/watch?v=3fD1_kytrmE


Clayton era bom jogador, mas quando veio para o Sporting já era tarde...

Lembro-me de que uma vez marcou um golão à Maradona, contra o Hertha de Berlim...

Conta o Mourinho na sua biografia que durante o Sporting-Porto de 2003 disse ao nosso defesa-direito adaptado Sá Pinto que o ia lixar " prepara-te que daqui a pouco entra o Clayton fresquinho" no lugar do já cansado Derlei... parece que o Sá ficou desolado... :)

Bruno Venâncio disse...

Flop. Nunca lhe reconheci grandes capacidades, sinceramente, mesmo no Santa Clara e no Porto. E a verdade é que a sua carreira acabou nesta época, em que trocou o Porto pelo Sporting. Depois disso foi sempre a descer, passando por Penafiel, Vitória de Guimarães e Chipre.

Leila Dark disse...

Clayton sempre brilhou. Desde criança era destaque nos campinhos de várzea em sua terra natal.Merece todas as suas conquistas!